VACINAÇÃO

     Assim como ocorre em pequenos animais (cães e gatos), a vacinação em equinos também é fundamental para prevenir várias doenças que frequentemente acometem esses animais.

    Infelizmente ainda é comum na rotina do médico veterinário de equinos confrontar-se com situações em que os animais não apresentam vacinação ou até mesmo já foram vacinados em algum período, porém não manteve-se a partir de então  um protocolo adequado e constante para garantir a proteção desses animais. Na maioria das vezes tal fato ocorre por falta de conhecimento do proprietário quanto à necessidade e importância da vacinação, expondo assim seus animais a altos riscos de apresentar doenças que geralmente necessitarão de um tratamento longo, intensivo e dispendioso, ou até mesmo levar a morte do animal.

     Um esquema correto e eficaz de vacinação começa com a escolha das vacinas a serem administradas, que por sua vez pode variar devido às características de cada propriedade ou região. Posteriormente define-se o protocolo de vacinação de acordo com a idade e histórico de vacinação de cada animal (Ex: primovacinação, reforço anual).  A partir de então é realizada uma avaliação prévia e criteriosa de cada animal. Esta tem como objetivo determinar se o animal apresenta a condição ideal para receber a vacina e se seu organismo está apto a produzir as respostas desejadas. Respeitadas essas condições o animal está apto a ser vacinado. É importante destacar que todas essas etapas devem ser realizadas por um médico veterinário.

     Além de todos os aspectos acima listados, o médico veterinário tem também um papel importante na conservação e manipulação adequada das vacinas. Alguns cuidados essenciais como manutenção da vacina em temperatura adequada (2 a 8º C), controle de prazo de validade, utilização de material estéril e descartável, via correta de administração e correta antissepsia do local de aplicação garantem um resultado eficaz e satisfatório.

Câmara fria e caixa térmica  específicas para armazenamento e transporte adequados de vacinas

Abaixo estão listadas as principais doenças que podem ser prevenidas com a realização de um esquema correto de vacinação:

- Encefalomielite equina: doença viral com potencial zoonótico (transmissível a seres humanos) e alta taxa de letalidade que acomete o sistema nervoso dos equinos;

- Influenza: doença viral de distribuição mundial, conhecida popularmente como gripe, responsável por grandes prejuízos econômicos que acomete o sistema respiratório dos equinos;

- Raiva: doença viral de distribuição mundial, frequentemente transmitida por morcegos, letal e com potencial zoonótico, que acomete o sistema nervoso dos equinos;

band.com.br

Rastro de sangue deixado após ataque de morcego hematófago

comprerural.com.br

Animal demonstrando protrusão de terceira pálpebra, Um dos sinais clínicos mais comuns do tétano

- Tétano: doença bacteriana (neurotoxina bacteriana) com alta taxa de letalidade, que acomete o sistema nervoso e causa intensas alterações musculares nos equinos;                

- Leptospirose: doença bacteriana e com potencial zoonótico, frequentemente transmitida por ratos, que acomete principalmente os sistemas reprodutor, urinário e oftálmico dos equinos;

- Rinopneumonite: doença viral de distribuição mundial que acomete os sistemas respiratório, reprodutor e nervoso dos equinos.

      A Eqquality Clínica e Cirurgia de Equinos destaca a importância da vacinação em equinos, possibilitando proteção, saúde e bem estar aos animais, além de segurança, tranquilidade e economia aos proprietários, pois como todos já sabem “é muito melhor prevenir do que remediar”.

 

Rua Potiguares, 265 - 2º Andar
Natalia (11) 99217-8701 | Murillo (11) 99349-7801
eqqualitycce@gmail.com
  • Cinza ícone do YouTube
  • Instagram Social Icon

© 2016 por Eqquality Clínica e Cirurgia de Equinos. Todos os direitos reservados. Orgulhosamente criado com Wix.com